Notícias

Premix lança três novos produtos para a pecuária de confinamento sustentável e de alto rendimento


 

PMX0493_600

Sempre investindo em tecnologia para oferecer as melhores opções para os seus clientes a Premix anuncia o lançamento de três novos produtos: Confinamento Alto Desempenho Inicial, Confinamento Alto Desempenho sem Ureia Inicial e Confinamento Alto Desempenho Natural, que foram desenvolvidos para oferecer suplementação sustentável e de alto desempenho para bovinos em confinamento.

Os produtos Confinamento Alto Desempenho Inicial e Confinamento Alto Desempenho sem Ureia Inicial possuem como principal objetivo minimizar os efeitos negativos do período de adaptação no confinamento.

Ambos contêm nutrientes diferenciados e específicos que atuam na redução dos efeitos do estresse, no metabolismo e no sistema imunológico dos animais. Nutrientes como zinco orgânico, cromo orgânico, beta glucanas, mananas, vitaminas, antioxidantes e adsorventes de micotoxinas atuam diretamente no organismo reduzindo os impactos dessa fase de adaptação.

Os produtos também favorecem o aumento do consumo de matéria seca na fase de adaptação. Em função da redução dos efeitos do estresse, os animais atingem o consumo de matéria seca esperado mais rápido, contribuindo para melhor desempenho no período confinado.

Além disso, reduzem a probabilidade de ocorrências de distúrbios metabólicos, já que a maior dosagem da tecnologia Fator P e Monensina sódica propicia um melhor ambiente ruminal, mesmo em situações de estresse e desafio.

Os dois produtos favorecem o consumo e o ganho de peso dos animais no confinamento e, consequentemente, reduzem o número de dias de cocho e a quantidade de emissão de gases de efeito estufa, contribuindo para uma Pecuária de Valor Sustentável.

Já o Confinamento Alto Desempenho Natural é uma alternativa aos produtores que desejam trabalhar com um produto mais saudável e ambientalmente correto, em busca de uma Pecuária de Valor Sustentável.

Desenvolvido sem inclusão de nenhum aditivo, ionóforo/antibiótico como Monensina, Virginiamicina ou similares.

O produto tem como objetivo atender a demanda de novos mecanismos de tamponamento ruminal em dietas de alto grão, que ocorrerá principalmente após a normatização e ou proibição do uso de antibióticos para bovinos.

Sem inclusão de antibióticos, o produto contém teores adequados de minerais, vitaminas, aminoácidos e aditivos naturais moduladores de fermentação ruminal para proporcionar resultados compatíveis com a atividade. Além disso, aumenta o consumo de matéria seca durante o confinamento, influenciando no ganho de peso em carcaça.

O diretor de Pesquisa e Inovação da Premix, Lauriston Bertelli Fernandes, explica que a empresa tem como um dos seus pilares a inovação e o desenvolvimento de tecnologias que contribuam para uma pecuária mais intensiva e sustentável. Foi com esse objetivo que os três novos produtos foram desenvolvidos, voltados não só para aumento de produção, mas também focados em bem-estar animal e segurança alimentar.

“Os produtos foram testados e os resultados comprovados em centros de pesquisas de renome no País. Todos eles têm em sua composição elementos de alto valor nutricional que favorecem o metabolismo ruminal, resultando em melhor desempenho dos animais no confinamento”, destaca.

Sobre a Premix

O Grupo Premix tem como objetivo oferecer soluções em nutrição integradas. Com a missão de contribuir para evolução do agronegócio com um olhar no futuro, por meio de inovação, relacionamento e conhecimento compartilhado, o Grupo reúne as empresas Premix, indústria nacional líder em nutrição animal que atua há 40 anos no mercado, Green Fertilizantes e Sementes Paulista, e possui escritório central em Ribeirão Preto, interior de São Paulo.

A companhia oferece produtos de alta qualidade e consultoria especializada, disponibiliza aos clientes o seu know-how e produtos voltados para a qualidade do pasto, manejo correto e nutrição adequada de bovinos de corte e de leite, equinos, ovinos e caprinos conforme o clima e época do ano em cada região do País, categoria animal e fase de desenvolvimento.

Com moderna estrutura de produção e distribuição, a Premix também possui fábricas próprias em Patrocínio Paulista (SP), Presidente Prudente (SP) e Araguaína (TO), além de centros de distribuição em Juara (MT), Rio Verde (GO), Maringá (PR) e Campo Grande (MS). A companhia investe constantemente em inovação e desenvolvimento tecnológico de novos produtos com pesquisas e parcerias com as mais renomadas instituições de ensino do Brasil.

 

Entre em contato
com um dos nossos consultores