Notícias

Fazenda Capão Negro, de Uberaba (MG), comemora os resultados do uso do sistema creep feeding, implementado com consultoria da Premix

Estes resultados geraram um lucro médio de R$ 352,40 por animal


 

capao-negro-imagem-600

Empresa nacional líder em nutrição animal, a Premix, através de sua consultora técnica Milena Watanabe, assessorou a Fazenda Capão Negro, no município de Uberaba (MG), na implementação do creep feeding, sistema de manejo alimentar de suplementação dos bezerros de corte ainda durante o período em que estão em fase de amamentação. A propriedade é atendida pela representante comercial Fabiana Ribeiro.

O protocolo nutricional em creep feeding, com produtos e suporte técnico da Premix, produziu bezerros machos cruzados Nelore x Angus com ganhos adicionais de 74 kg e fêmeas com ganhos adicionais de 70 kg, comparados com as médias de animais não suplementados. Estes resultados geraram um lucro médio de R$ 352,40 por animal.

A propriedade, pertencente a Marco Aurélio Andrade Barbosa, recebeu assessoria da Premix para a implementação do sistema com o objetivo de aumentar o peso à desmama e, consequentemente, o valor recebido pelo animal, já que a principal fonte de renda da propriedade é a venda dos bezerros desmamados. Dessa forma, o objetivo foi suplementar os bezerros desde o quarto mês de vida até a desmama, totalizando 106 dias.

Os animais, 20 machos Nelore e 24 fêmeas ½ sangue Nelore x Angus, passaram pela suplementação com o produto Campo Creep Feeding entre os dias 3 de março e, 13 e 14 de junho de 2016, no período das águas. Eles foram manejados em pastagens de Braquiária brizantha em pastejo rotacionado, com cochos privativos separados, que permitiam apenas a entrada dos bezerros, além de bebedouro com água disponível.

Nascidos em outubro de 2015, os animais iniciaram no sistema creep feeding a partir do dia 3 de março e foram retirados das mães aos oito meses de idade, entre 13 e 14 de junho, consumindo, durante o período, uma média de 187,52 gramas do produto por dia, cada animal. Os bezerros machos meio sangue suplementados com creep feeding apresentaram peso a desmama médio de 266 kg, enquanto as fêmeas chegaram aos 250 kg.

Para Milena Watanabe, esses resultados corroboram com os obtidos por Cervieri et al., 2005, que suplementaram bezerros meio sangue com ração à vontade no sistema de creep feeding e observaram peso médio a desmama aos 217 dias de 241,25kg, corrigido para 240 dias o peso médio de desmama atingiu 265,4kg.

“O resultado obtido pelo cliente é superior ao peso a desmama avaliado por Muniz e Queiroz 1998 (Tabela 01), que obtiveram peso a desmama de 191,52 kg de 429 machos meio sangue Angus x Nelore desmamados aos 230 dias de idade sem suplementação com creep feeding. Os mesmos autores avaliaram peso a desmama de 159 fêmeas meio sangue Angus x Nelore desmamadas aos 240 dias e tiveram como resultado o peso de 179,61kg sem suplementação com creep feeding”, destaca.

capao-negro-tabela1-600

Considerando o preço de R$5,50 por kg de bezerro, e tirando o custo da suplementação, a propriedade teve um lucro por bezerro de R$383,80 para os machos e R$360,31 para as fêmeas.

O trabalho da Premix continua na propriedade mantendo a suplementação nas fases de cria e recria com suplementos proteicos energéticos.

Sobre a Premix

O Grupo Premix tem como objetivo oferecer soluções em nutrição integradas. Com a missão de contribuir para evolução do agronegócio com um olhar no futuro, por meio de inovação, relacionamento e conhecimento compartilhado, o Grupo reúne as empresas Premix, indústria nacional líder em nutrição animal que atua há 37 anos no mercado, Green Fertilizantes e Sementes Paulista, e possui escritório central em Ribeirão Preto, interior de São Paulo.

A companhia oferece produtos de alta qualidade e consultoria especializada, disponibiliza aos clientes o seu know-how e produtos voltados para a qualidade do pasto, manejo correto e nutrição adequada de bovinos de corte e de leite, equinos, ovinos e caprinos conforme o clima e época do ano em cada região do País, categoria animal e fase de desenvolvimento.

Com moderna estrutura de produção e distribuição, a Premix também possui fábricas próprias em Patrocínio Paulista (SP), Presidente Prudente (SP) e Araguaína (TO), além de centros de distribuição em Juara (MT), Itumbiara (GO), Maringá (PR) e Campo Grande (MS). A companhia investe constantemente em inovação e desenvolvimento tecnológico de novos produtos com pesquisas e parcerias com as mais renomadas instituições de ensino do Brasil.

Entre em contato
com um dos nossos consultores