Notícias

Agropecuária Santos Dumont, com assessoria da Premix, registra produtividade média de 14,24 arrobas/ha e lucro de R$ 854,67/ha em 136 dias


 

Agropecuária Santos Dumont-600

Empresa nacional líder em nutrição animal, a Premix assessorou a Agropecuária Santos Dumont, localizada no município de Cabixi (RO), na suplementação a pasto do rebanho no período de águas e transição, registrando produtividade média de 14,24 arrobas/ha e lucro de R$ 854,67/ha em 136 dias.

Desde o final de 2014, a propriedade, pertencente a Elizabeth Maria Cadore Simionatto, é atendida pelo consultor técnico da Premix Érico Pereira Neves e pelo representante comercial Giuliano Bettio, utilizando suplementos da Premix, como Premiphos 60 20A, Núcleo Alto Desempenho com Fator P, Núcleo concentrado para Rações com Fator P, Premiphos Haras com Fator P, entre outros. 

O consultor faz visitas técnicas periódicas a cada 60 ou 90 dias, dando suporte na elaboração de planejamentos nutricionais, análises econômicas para tomadas de decisão, checagem de manejos de rotina, ajustes em planejamentos, mensuração de desempenhos, treinamentos de equipe e elaboração de fechamentos de resultados técnicos e econômicos dos sistemas de produção adotados na fazenda. 

Com o objetivo de abater os animais e retirá-los das pastagens no início do período seco, a assessoria técnica em conjunto com gestor da propriedade, Danilo Simionatto, definiu trabalho com suplementação de concentrado na casa de 0,7% a 0,8% do peso vivo, visando aproveitar a oferta de forragem e produzir arrobas com menor custo, já que o custo do milho, à época, estava muito elevado.

Entraram para o semiconfinamento 286 animais, entre Nelore, cruzados e F1 (Aberdeen x Nelore), com peso médio de 14,91 arrobas, sendo manejados em sistema de pastejo rotacionado, em pastagens de Brachiaria brizantha e Mombaça, durante 136 dias, com taxa de lotação média de 3,31 UA/ha.

santos-dumont-tabela1-600

Os resultados, após o período de tratamento, apontam peso médio final de 19,67 arrobas, ou seja, um ganho de peso de 4,76 arrobas, com ganho médio diário (GMD) de 0,754 kg e ganho diário de carcaça de 0,526 kg. O custo médio de produção de cada animal, incluindo ração e pasto, ficou em R$ 370,27, totalizando um lucro médio por animal de R$ 285,72.

“Ao observar o desempenho, deve-se considerar o diferencial de genética, o tipo de forragem, o rendimento de carcaça e a lotação. Em geral, os resultados alcançados em ganho de peso vivo diário ficaram semelhantes aos obtidos por Lana et al., 2005, avaliando desempenho de animais em crescimento com pastagens de Brachiaria no período de transição águas-seca com consumos de concentrado na casa de 3,2 kg a 4 kg/cabeça/dia”, explica o consultor técnico.

Outro parâmetro avaliado é o de sempre cruzar análise de ganho individual com ganho por área. A propriedade trabalha com lotações ou capacidade suporte no sistema de recria-engorda semi-intensiva com taxa média de 3,31 UA/ha, valor bem acima da média nacional. O anuário Anualpec 2016 cita capacidades suporte para recria-engorda semi-intensiva na ordem de 1,24/1,28 UA/ha, e, em recria-engorda intensiva, na ordem de 1,4/1,5 UA/ha.

santos-dumont-tabela2-600

“A diferença em ganhos de peso corporal por animal se explica, principalmente, por tipo de pastagem e lotação. Já a diferença em ganho por área (lucro/ha) se destaca principalmente por maior ganho diário de carcaça (maior rendimento no abate). Isso se deve principalmente a diferença genética e o tipo de pastagem que se repete. Podemos observar que mesmo no lote com menor lotação, tivemos um dos maiores ganhos por área”, destaca Érico Neves.

A Premix continua trabalhando na Agropecuária Santos Dumont para manter todos os animais em recria com bons desempenhos até atingirem o peso para entrar em terminação (normalmente de 380 kg de peso vivo acima, variando de acordo com momento e necessidade de abate), buscando sempre adequar a melhor estratégia de terminação de acordo com o momento comercial do período e condição da fazenda com relação a pastagens e lotação. Visando melhores desempenhos tanto na recria como na terminação, são direcionados suplementos de acordo com o perfil das pastagens, época do ano e prazo de abate para cada lote.

Sobre a Premix

O Grupo Premix tem como objetivo oferecer soluções em nutrição integradas. Com a missão de contribuir para evolução do agronegócio com um olhar no futuro, por meio de inovação, relacionamento e conhecimento compartilhado, o Grupo reúne as empresas Premix, indústria nacional líder em nutrição animal que atua há 38 anos no mercado, Green Fertilizantes e Sementes Paulista, e possui escritório central em Ribeirão Preto, interior de São Paulo.

A companhia oferece produtos de alta qualidade e consultoria especializada, disponibiliza aos clientes o seu know-how e produtos voltados para a qualidade do pasto, manejo correto e nutrição adequada de bovinos de corte e de leite, equinos, ovinos e caprinos conforme o clima e época do ano em cada região do País, categoria animal e fase de desenvolvimento.

Com moderna estrutura de produção e distribuição, a Premix também possui fábricas próprias em Patrocínio Paulista (SP), Presidente Prudente (SP) e Araguaína (TO), além de centros de distribuição em Juara (MT), Itumbiara (GO), Maringá (PR) e Campo Grande (MS). A companhia investe constantemente em inovação e desenvolvimento tecnológico de novos produtos com pesquisas e parcerias com as mais renomadas instituições de ensino do Brasil.

Entre em contato
com um dos nossos consultores